Logo img-responsive
Facebook

Liberação para criação da tilápia no estado do Tocantins

Como já amplamente noticiado, após um longo processo de discussão, o COEMA (Conselho Estadual do Meio Ambiente do Tocantins), aprovou, no dia 30 de junho de 2017 a criação da tilápia em tanque rede no estado. O placar foi: 19 (favor) e 2 (contra).

O estado do Tocantins tem hidrelétricas no curso do Rio Tocantins, cuja capacidade de suporte estimada pela ANA (Agencia Nacional das Aguas) é de 220.000 toneladas. Porém, era permitida somente a criação de peixes oriundos da bacia hidrográfica.

Os lagos das hidrelétricas do Rio Tocantins têm ambiente perfeito para a produção de tilápia, mas estava proibido em função de resolução anterior do próprio COEMA.

Como se sabe, os peixes nativos ainda não dispõem de pacote tecnológico comprovado para produção em tanques rede, necessitando de mais estudos para que o investidor tenha segurança para fazer investimentos nesse campo.

A PEIXE BR começou a participar das discussões no segundo semestre de 2016, apostando no potencial do estado para Piscicultura e para atendimento dos associados interessados em fazer investimentos para implementação da tilapicultura no local.

Em outubro de 2016, foi realizada reunião com o governador do Tocantins, Marcelo Miranda, o Chefe da Embrapa Pesca e Aquicultura, Carlos Magno, e sua equipe. Participaram também o Secretário de Desenvolvimento Econômico do estado, representantes da Ruraltins e Naturatins. A pauta da reunião foi a solicitação de estudo para a viabilidade de liberação da criação da tilápia no Tocantins.

O COEMA criou uma comissão técnica para análise, com a finalidade de orientá-lo sobre a tomada de decisão pelo liberação ou não tilápia no estado.

Em conjunto, a Embrapa Pesca e Aquicultura elaborou nota técnica que comprovava, com trabalhos científicos, que a criação de tilápia não representava riscos ao meio ambiente. Durante o trâmite, a PEIXE BR subsidiou as autoridades estaduais com informações relativas ao referido assunto.

Estabeleceu-se o prazo de 120 dias para regulamentar e normatizar a criação da tilápia no Tocantins. A PEIXE BR continua participando ativamente desta ação e já indicou profissionais capacitados e com experiência em tilapicultura para a orientação necessária para segurança ambiental na criação da tilápia no estado.

“Quem ganha com a decisão é o piscicultor, pois ressalto que não foi proibida a criação das espécies nativas e, sim, liberada a criação da tilápia em tanques rede. Dessa forma, o piscicultor terá mais uma opção de espécie para criar e diversificar o seu portfólio. Lembrando que a PEIXE BR respalda sua posição em laudos técnicos que comprovam o baixo impacto ao meio ambiente e ao peixe nativo”, afirma Francisco Medeiros, presidente da PEIXE BR.

Áreas de Atuação

Associe-se

javaversion1
Warning: passthru() [function.passthru]: Cannot execute a blank command in /home/storage/a/45/01/peixebr/public_html/wp-content/themes/tilapia_br/footer.php on line 3