Os associados Denny Itagaki (Puro Peixe), Henrique Oliveira e Rubem Groff (Buhler), membros da Comissão de ética da Associação Brasileira da Piscicultura (PEIXE BR), reuniram-se no dia 22 de março de 2017, em São Paulo (SP), para dar continuidade ao trabalho de construção do Código de Ética da associação.

O Código de Ética é um documento com as diretrizes que orientam os associados quanto às suas posturas e atitudes ideais, moralmente aceitas ou toleradas pela sociedade com um todo, enquadrando os participantes em uma conduta politicamente correta e em linha com a boa imagem da entidade, de forma que ela esteja adequada aos interesses, lutas ou anseios da cadeia produtiva da Piscicultura.

Como tal, esse Código fixa normas que regulam os comportamentos das pessoas na Associação, como uma normativa interna de cumprimento obrigatório.

A Comissão de Ética é composta pelos associados Denny Itagaki (Puro Peixe), Sylvio Santoro (Tilabras) e Rubem Groff (Buhler), que substituiu Henrique Oliveira (Bulher).

A PEIXE BR tem como modelo para discussão o Código de Ética do Sindirações (Sindicato Nacional da Indústria de Alimentação Animal).

A expectativa é concluir o documento na segunda quinzena abril para, em seguida, apresentá-lo para aprovação do Departamento Jurídico da entidade. Na sequência, o Código será apresentado e votado pelo Conselho Administrativo da PEIXE BR. O passo final é apresentar o Código para aprovação da Assembleia dos associados.