Foi empossada a nova diretoria executiva da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR), entidade de âmbito nacional que reúne os diversos elos da cadeia produtiva de peixes de cultivo, atividade responsável pela produção de 802.930 toneladas, o que posiciona o Brasil como o 4º maior fornecedor mundial de tilápia, além de importante produtor de peixes nativos.

A diretoria, que tem mandato de um ano (2021/2022), é composta por:

Presidente Francisco da Chagas Medeiros

Vice-Presidente: Felipe Torquato Junqueira Franco (Grupo BTJ Foods)

Diretor Internacional: Fernando Goncalves de Aguiar (C. Vale)

Diretor Tesoureiro: Luiz Eduardo Conte (Ammco Pharma)

Diretor Secretário: Ricardo Pereira Ribeiro (Peixe Gen)

Diretor de Relações Institucionais: Ricardo Neukirchner (Aquabel)

Constituída há apenas sete anos para contribuir para a organização, fortalecimento, defesa e valorização da piscicultura brasileira, a Peixe BR tem atuado proativamente em importante conquistas da atividade.

“Temos diversos desafios para o contínuo desenvolvimento da piscicultura no Brasil, como as questões ambiental e tributária, mas as oportunidades são inúmeras. Temos potencial para estar ainda melhor colocados entre os maiores produtores de pescado no mundo. Por isso, é fundamental ter uma entidade que lute pelo crescimento da atividade, contribuindo para a produção de peixes de cultivo com alta qualidade e de acordo com os mais rígidos padrões de boas práticas e segurança alimentar”, destaca Francisco Medeiros, reconduzido para mais um mandato como presidente executivo da Peixe BR.