A Peixe BR, representada pelo diretor internacional Giovanni Lemos de Mello, participou da seção “Food and value creation from the Atlantic Ocean”, durante o Aquaculture Europe 2018, em Montpellier, França.
O objetivo desta seção, que ocorreu domingo, 26 de agosto de 2018, foi incentivar a cooperação em aquicultura entre os Países da União Europeia, Brasil e África do Sul, entre outros.

Mello apresentou a Peixe BR para mais de 150 pessoas presentes no encontro, apresentando dados do Anuário da Peixe BR de Piscicultura – 2018. Na apresentação, Mello confirmou o interesse da entidade em conhecer e adaptar o conceito de plataforma tecnológica da indústria da aquicultura da Europa que agrega a indústria, pesquisa e governo, arranjo institucional formal inédito no Brasil.

Um dos participantes do evento, o Chefe de P&D da Embrapa Pesca e Aquicultura, Eric Arthur Bastos Routledge, reforçou a importância implementação da plataforma no País. Segundo Eric, “a pré-disposição no trabalho integrado (indústria/pesquisa) deve persistir contra a desconfiança de ambos os lados em trabalhar em conjunto e orientar os esforços de pesquisa para aumento da competitividade do setor”.

Um dos membros brasileiros presentes no evento, o Prof. Dr. Ronaldo Olivera Cavalli, da FURG, destacou que “Apesar do Brasil ser um País onde a piscicultura de água doce tem se desenvolvido de forma expressiva nos últimos anos, existem muitas oportunidades para a maricultura no litoral brasileiro”.

De acordo com Andrei Polejack, Coordenador-geral para oceanos e Antártica do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, “O Brasil figura hoje como um dos líderes de pesquisa no Atlântico sul e, por esse motivo, tem a responsabilidade de criar oportunidades de vulto para a cooperação internacional em pesquisa, com foco especial em aquicultura”.