A Associação Brasileira de Piscicultura (Peixe BR) comemora a decisão do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em assegurar o pleno funcionamento das cadeias produtivas. Atendendo a pleito da entidade, o Ministério publicou decreto do Diário Oficial da União, definindo como essencial a produção e comercialização de insumos agropecuários, como ração e matérias-primas, para a piscicultura. A medida também reforça a necessidade de produção e distribuição de alimentos, com atenção ao transporte de produtos perecíveis.

Em documento enviado ao governo federal na última semana, a Peixe BR enfatizava a necessidade de medida do governo federal para manter o fornecimento estratégico de alimentos enquanto o país atravessa a crise causada pelo novo Coronavírus. A circulação normal de transportes foi uma das reivindicações do ofício.

“Esta é uma vitória, mas há outras batalhas. Continuamos solicitando ao governo a implantação de outras medidas que garantam segurança econômica aos piscicultores e alimentos de qualidade à população. Esse é o primeiro passo e merece ser comemorado. Reforçamos que as diretrizes de segurança devem ser seguidas à risca para conter o avanço do vírus”, declara Francisco Medeiros, presidente da Peixe BR.