De acordo com levantamento da entidade, o aumento de 224 mil toneladas de peixes no estado seria suficiente por mais de 70 mil novos postos de trabalho.

A Peixe BR, entidade representativa da cadeia produtiva da Piscicultura no Brasil, incluindo os produtores de peixes, alevinos, processadores, indústrias de alimentação, indústria de equipamentos, indústria farmacêutica, cooperativas, associações estaduais e regionais, reuniu-se com o governador de Tocantins, Marcelo Miranda, para tratar de políticas públicas para o impulsionamento da cadeia produtiva de peixes cultivados no estado.

Tocantins tem importante papel para a Piscicultura nacional em função da instalação da Embrapa Pesca e Aquicultura, em maio de 2016, e da posição geográfica estratégica. “Além destes fatores, Tocantins conta com excelentes condições climáticas, localização, logística e água de boa qualidade, fatores determinantes para a implantação de um centro de melhoramento genético e de uma unidade de criação da tilápia”, avalia o secretário executivo da Associação Brasileira da Piscicultura (PeixeBR), Francisco Medeiros.

O Estado precisa, porém, resolver algumas questões legais para ajustar a produção da tilápia, enquanto as demais espécies – especialmente os chamados redondos ou nativos – já estão devidamente regulamentados. A Peixe BR trabalha para regularizar a criação de tilápia em TO, pois o licenciamento ambiental ainda não é possível de ser emitido no estado. Este foi o tema principal da reunião com o governador.

Participaram da reunião Ricardo Neukirchner (Diretor de Relações Institucionais da Peixe BR), Carlos Magno Campos (Chefe-geral da Embrapa Pesca e Aquicultura), Eric Arthur Bastos Routledge (Pesquisador Chefe Adjunto de Pesquisa da Embrapa Pesca e Aquicultura) e técnicos da empresa. Também participaram o secretário de Estado do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária, Clemente Barros; o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro Silva; e o presidente do Naturatins, Herbert Brito Barros.