Após a aprovação do COEMA (Conselho Estadual do Meio Ambiente do Tocantins) para criação da Tilápia em tanques-rede no estado, estabeleceu-se um prazo mínimo de 120 dias para regulamentar e normatizar a atividade no Tocantins.

A PEIXE BR cumpre o seu papel e participa ativamente desta ação. Para isso, promoveu reunião com o gestor da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, Alexandro de Castro Silva, com a gestora da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Meire Carreira, com o Chefe Geral Interino da Embrapa Pesca e Aquicultura, Alexandre Aires de Freitas, e com o Diretor do Instituto de Pesca do Estado de São Paulo, Luiz Marques da Silva Ayroza.

A reunião teve como objetivo aproximar profissionais capacitados e com experiência em tilapicultura, a fim de tratar da regulamentação da normativa, visando à orientação necessária para segurança ambiental.

Foi firmado convênio de colaboração entre a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos e o Instituto de Pesca para a elaboração dos termos que darão embasamento à regulamentação da norma para criação da Tilápia em tanques-rede no Tocantins.

A PEIXE BR confia no grande potencial do estado para Piscicultura e, atendendo associados interessados em fazer investimentos para implementação da tilapicultura em Tocantins, continuará dando todo o suporte necessário para regulamentação dessa norma, que permitirá crescimento significativo na produção estadual de pescado.