A Peixe BR reuniu seus associados em Belo Horizonte por ocasião do Congresso Aquaciência 2016, no início de agosto. O principal tema discutido foi a necessidade de maior participação dos pesquisadores nas questões inerentes ao dia a dia da cadeia produtiva da Piscicultura. Atualmente, os trabalhos estão distante desta realidade.

O chefe da Embrapa Pesca e Aquicultura, Carlos Magno, também presidente do congresso, reforçou esta necessidade e retificou o papel da Embrapa Pesca e Aquicultura na mudança desta realidade.

Os associados da PeixeBr de Minas Gerais apresentaram a situação da Piscicultura no estado e principais demandas do setor, reforçando principalmente a questão do licenciamento ambiental.

Pesquisadores de diversas instituições de ensino do país participaram da reunião e destacaram a dificuldade de captação de recursos para atender a demanda do setor, principalmente a pesquisa aplicada.