O Tambaqui é o peixe nativo mais presente nos rios brasileiros, especialmente no Centro-Oeste e Norte do país. Devido às qualidades como alimento saudável, sua produção em tanques vem crescendo ano após ano. Rondônia é o maior produtor de tambaqui, seguido de Roraima, de acordo com levantamento da Associação Brasileira da Piscicultura (PEIXE BR).

O destaque da culinária típica é a costelinha de Tambaqui. Uma grande e suculenta espinha do peixe grelhada de carne macia e saborosa. Outro prato tradicional é a caldeirada de Tambaqui – ensopado de peixe com pimentão e tomate. Também é apreciado de diferentes formas: frio ou assado. “O peixe de cultivo de maneira geral oferece uma proteína de fácil e rápido preparo, além de ter muito sabor”, diz Francisco Medeiros, presidente da PEIXE BR.

O crescimento do consumo de Tambaqui ocorre em todas as regiões do país. No Sul, Sudeste e Nordeste do Brasil ele é encontrado em feiras e hipermercados. A PEIXE BR destaca o potencial de aumento da demanda de Tambaqui. “O consumo de peixes cultivados de maneira geral ainda é pequeno (cerca de 3,5 kg/hab/ano) devido a questões culturais e até de mercado. Nosso objetivo é contribuir para o fomento da oferta e crescimento da demanda, fornecendo informações importantes aos consumidores, incluindo as qualidades nutricionais”, completa Medeiros.

Semana do Peixe – Com o objetivo de difundir informações sobre os peixes de cultivo do Brasil e contribuir para o aumento do consumo dessa proteína saudável e de qualidade, a PEIXE BR realiza uma campanha nacional como parte da ação “Semana do Peixe”, com iniciativas em todo o país para sensibilizar e engajar os vários agentes da cadeia produtiva, como produtores, indústrias, varejistas, restaurantes e food service, contribuindo para a escolha certa dos consumidores.